10.jul.2010, 8h

Pibluz comemora 31 anos com vários dias de festa

A Primeira Igreja Batista de Luziânia comemorou seu aniversário de 31 anos com vários dias de festa. Parecia casamento na roça. Houve shows musicais, conferências e uma solene Ceia do Senhor para agradecer a Deus por tudo o que ele tem feito na cidade goiana a 60 quilômetros de Brasília desde 29 de junho de 1979. Nesta data, foi organizada em igreja a congregação que já existia em Luziânia

A festa começou no sábado, dia 19 de junho, com um show do pastor Carlinhos Veiga, da Igreja Presbiteriana do Lago Norte. Prestes a lançar seu primeiro DVD, ele conduziu os irmãos na adoração com canções regionais, como as que vem fazendo desde a época em que liderou o grupo Expresso Luz. Durante sua pregação, Carlinhos falou que a igreja não pode deixar de focar seu objetivo maior: fazer missões.

No sábado seguinte, no dia 26, o pastor Ricardo Raulino de Sousa, presidente da Pibluz, iniciou as conferências de aniversário. Ele pregou sobre os desafios para a igreja do século XXI. O pastor comentou sobre as estratégias a serem definidas ainda em julho para a Pibluz ter uma atuação relevante em Luziânia até 2020.

Ricardo ainda leu a primeira ata após a organização da igreja, datada de 1979, quando foi definido o nome de Primeira Igreja Batista de Luziânia. Os documentos fazem menção a nomes de doce memória, como o pastor Eliézer Campelo, que hoje colabora com a Igreja Batista XVI de Setembro, e a irmã Albertina Carvalho de Farias, que congrega em Taguatinga, no Distrito Federal.

No domingo, dia 27, o pastor Raul Ferreira Júnior, da Igreja Batista Ágape, no Recanto das Emas, pregou sobre a parábola do semeador. Chamou os irmãos a um compromisso com Deus para serem terras férteis que produzem na obra do Senhor. Raul ainda alertou as pessoas que vivem apenas “próximas” da igreja, mas sem um relacionamento íntimo e verdadeiro com Jesus Cristo.

Em plena terça-feira, no dia 29, a igreja estava lotada. Entre 150 e 200 pessoas participaram do culto ao Senhor em que uma Ceia especial foi servida. Cada irmão ia à frente pegar o seu próprio pedaço de pão e cálice de suco de uva. Ao final, os cálices ficaram com os membros como forma de recordação. À saída, houve o tradicional bolo com refrigerante e um “Parabéns pra você”.
 
Rua Pe. Bernardo, 63, Centro, Luziânia-GO. (61) 3622.2265 ? Como chegar ? Envie uma mensagem por email ou por formulário
Twitter | Facebook | Orkut | Youtube | Skype:
Meu status
 
  Site Map